Geral

Construção de casas para famílias do Tatuquara entra na reta final

As unidades começarão a ser liberadas a partir de janeiro do ano que vem

A construção de 11 casas para reassentar famílias que vivem na Vila Bela Vista da Ordem, no Tatuquara, entrou na etapa final. As unidades, que serão destinadas para moradores que vivem em condição precária, começarão a ser liberadas a partir de janeiro do ano que vem. Após a transferência das famílias, a vila vai receber obras de infraestrutura, com abertura e pavimentação de ruas, galerias de drenagem e redes de água e esgoto.

O investimento para a construção das casas é de R$ 648 mil, recursos provenientes do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (FMHIS). Já as obras de infraestrutura representam investimentos de R$ 3,3 milhões, recursos do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS).

O projeto de urbanização da Vila Bela Vista da Ordem teve início em 2012, mas foi paralisado pela gestão anterior, em novembro de 2013, devido à necessidade de aditivo contratual de serviços. Apenas 36% das obras de infraestrutura previstas foram realizadas.

Nesse ano, por determinação do prefeito Rafael Greca, foram feitas adequações ao aditivo de contrato que foi encaminhado à avaliação da Caixa Econômica Federal para liberação de recursos necessários a retomadas das obras. As obras de urbanização serão iniciadas assim que as famílias forem reassentadas.

Colunas

TRAJETÓRIA DE CÂNDIDO PORTINARI NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

A exposição é composta por esboços, desenhos e estudos que revelam o processo criativo do artista

Continue lendo

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

O vice-presidente de Condomínios do Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi-PR), Dirceu Jarenko, explica que ter uma equipe e colaboradores preparados para ocasiões de urgência e emergência não é apenas uma questão de obrigatoriedade, mas de responsabilidade como cidadãos para a segurança de todos

Continue lendo

Lei coíbe prática da automedicação infantil

Por Mary Derosso

Continue lendo

Iluminação natural e amplitude trazem economia e sofisticação

Projetos que valorizam o aproveitamento da luz natural seguem princípios sustentáveis e economizam eletricidade

Continue lendo

Homenagem

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Pagou, tem que provar!

Por Luiz Fernando de Queiroz

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017