Cidade

Ações integradas serão realizadas para despoluir o Rio Belém

O convênio foi assinado pela governadora em exercício Cida Borghetti e o prefeito de Curitiba, Rafael Greca

O governo do Paraná e a prefeitura de Curitiba firmaram convênio para iniciar as ações de revitalização do Rio Belém, o único rio 100% urbano da Capital, o mais longo – e também o mais poluído. A proposta integra o programa de revitalização do Rio Iguaçu, onde deságua o Belém. O convênio foi assinado pela governadora em exercício Cida Borghetti e o prefeito de Curitiba, Rafael Greca.

A governadora em exercício anunciou que serão investidos R$ 10 milhões, com recursos do Governo do Estado. O montante será utilizado em projetos com o objetivo de despoluir o Rio Belém. “Hoje é um pontapé importante e o começo da realização de um sonho, que é entregar o rio limpo à população”, disse Cida. “Medida que, além de preservar o meio ambiente, levar mais qualidade de aos paranaenses”, acrescentou.

O prefeito, que no evento também assinou o decreto que aprova o Plano Municipal de Saneamento Básico de Curitiba, destacou a importância do trabalho conjunto para recuperar da bacia. “Vamos despoluir o Rio Belém. O ano de 2018 será o ano de resgate da bacia mais importante de Curitiba”, disse Greca. “Não se faz isso sozinho, precisamos estar unidos para que tudo aconteça”, afirmou.

Entre as ações de recuperação do rio está a implantação e monitoramento dos sistemas de fitorremediação, que consiste no uso de plantas como agentes de purificação de ambientes aquáticos contaminados por substâncias químicas e dejetos em geral. A técnica é utilizada em vários países para tratamento de esgoto e recuperação de cursos d’água. Possui baixo custo de implantação e ganhou reconhecimento internacional após ter sido utilizado na despoluição do Rio Sena, na França.

Colunas

TRAJETÓRIA DE CÂNDIDO PORTINARI NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

A exposição é composta por esboços, desenhos e estudos que revelam o processo criativo do artista

Continue lendo

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

O vice-presidente de Condomínios do Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi-PR), Dirceu Jarenko, explica que ter uma equipe e colaboradores preparados para ocasiões de urgência e emergência não é apenas uma questão de obrigatoriedade, mas de responsabilidade como cidadãos para a segurança de todos

Continue lendo

Lei coíbe prática da automedicação infantil

Por Mary Derosso

Continue lendo

Iluminação natural e amplitude trazem economia e sofisticação

Projetos que valorizam o aproveitamento da luz natural seguem princípios sustentáveis e economizam eletricidade

Continue lendo

Homenagem

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Pagou, tem que provar!

Por Luiz Fernando de Queiroz

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017